The 7th Island
can you survive?
Sê bem-vindo a The 7th Island, a misteriosa ilha repleta de perigos, aventuras e desespero.
Após um catastrófico acidente de avião, um grupo de jovens tem nas suas mãos sobreviver em 7th Island, custe o que custar.
Últimas Mensagens
Últimos assuntos
» Casa da árvore
Sab Jun 20, 2015 12:53 am por Freya Ravenscar

» Black Beach
Sex Mar 20, 2015 11:38 pm por Freya Ravenscar

» Piscina natural
Seg Mar 02, 2015 11:52 pm por Adam King

» Cabanas
Seg Mar 02, 2015 11:28 pm por Adam King

» Ruínas
Sab Fev 21, 2015 11:44 pm por Adam King

» Minas
Dom Fev 15, 2015 1:00 am por Freya Ravenscar

» Clareira
Dom Fev 15, 2015 12:04 am por Freya Ravenscar

» Registo de Rank
Qua Fev 11, 2015 7:26 pm por Raven Ward

» Registo de Photoplayer
Qua Fev 11, 2015 7:25 pm por Raven Ward


Casa da árvore

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Casa da árvore

Mensagem por 7th em Dom Fev 01, 2015 6:37 pm

Relembrando a primeira mensagem :

avatar
7th
Admin

Mensagens : 64
Data de inscrição : 15/12/2014

Ver perfil do usuário http://the7island.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Qua Mar 11, 2015 12:27 am

Não sei muito bem como aconteceu mas de alguma maneira consegui colocar-me entre as pernas do Adam, com o rabo apoiado nos calcanhares enquanto continuava meio inclinada para a frente, na sua direção. Fechei os olhos quando senti o toque dele na minha bochecha mas foi quando ele encostou a testa à minha que mordi o lábio inferior e consegui ouvir o meu coração a bater alto nos meus ouvidos. Ele ia embora, ia escolher aqueles como ele e eu só queria despedir-me como deve ser. Estava a mentir, queria muito beijá-lo já à algum tempo. Cheguei-me mais na sua direção assim que senti os lábios do Adam contra os meus e entrelacei os meus dedos nos seus cabelos agora mais curtos enquanto o puxava mais para mim.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Qua Mar 11, 2015 12:32 am

Quando percebi que não sabia se ela queria que eu a beijasse, hesitei um pouco em continuar, mas rapidamente mudei de ideias. Ela estava a retribuir. Felizmente, não me tinha cortado o pescoço assim que a beijei. Fechei os olhos com força, aproximando-me mais dela quando me aproximou mais de mim. Larguei a sua mão, agarrando-lhe na cintura e, na zona onde ela não estava armada, deixei que ela deslizasse, sentindo o seu corpo por cima da camisola que ela trazia.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Qua Mar 11, 2015 12:37 am

Mantive os meus lábios colados aos seus, aproveitando ao máximo aquele toque porque sabia muito bem que era a primeira vez e a última que ia voltar a acontecer. Senti a minha pele arrepiar mal a mão do Adam tocou na pele na zona da minha cintura. Ele era muito carinhoso e preocupado, o que só me fazia gostar mais dele. Ele era diferente, num sentido bom. Voltei a beijá-lo mas afastei-me quando precisei de respirar, ficando a olhar para ele enquanto o meu peito subia e descia como se eu tivesse acabado de treinar - Desculpa. - pedi rapidamente enquanto mordiscava o meu lábio inferior nervosamente - Mas queria muito beijar-te.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Qua Mar 11, 2015 12:42 am

Ela era diferente do que eu pensava, não era igual beija-la porque todas as pessoas são diferentes, mas ela era normal a fazê-lo. Eu queria toca-la mais, até me sentia mal com isso, mas queria. Tirar-lhe a armadura, tirar-lhe a camisola, tirar-lhe as armas. Afastei os meus pensamentos quando ela se afastou aos poucos e eu, ao contrário do que me apetecia, por estar mais envergonhado do que devia, continuei a fita-la, observando a forma como ela mordia o seu lábio inferior - Eu ainda quero - admiti baixinho.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Qua Mar 11, 2015 3:42 pm

Fiquei com o rabo sentado nos meu calcanhares enquanto olhava para o Adam, ainda a mordiscar o meu lábio inferior. Não tinha sido lá muito boa ideia beijá-lo porque ao contrário do que seria de esperar, agora ainda o queria beijar mais. Baixei o meu olhar dos seus olhos para os seus lábios quando o Adam disse que ainda me queria beijar - Eu também. - disse num tom mais baixo enquanto me chegava para perto dele sem pensar.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Qua Mar 11, 2015 3:52 pm

Sorri ainda que tivesse tentado evitar. Era bom saber que ela também tinha a mesma vontade que eu, sinceramente, nunca tinha pensado muito se ela queria ou não. Acho que sempre que pensava em avançar sentia uma especie de faca enfiada na minha garganta. Percebi que se estava a aproximar de novo e decidi agarra-la pela cintura, puxando-lhe o corpo para junto do meu.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Qua Mar 11, 2015 4:12 pm

Voltei a sentir o meu corpo contra o do Adam, os nossos lábios encostados novamente. Entrelacei os meus dedos no cabelo dele na zona da nuca enquanto o puxava mais para mim e mantinha a outra mão encostada ao seu pescoço. Queria muito beijá-lo, até porque seria a última vez que o faria porque ele ia embora e nunca mais o ia ver mas ao mesmo tempo comecei a pensar nas consequências daquilo. Ele já era odiado na tribo, mesmo que fosse para ao pé dos outros mas não saíssem da ilha, a tribo não ia gostar e ainda se ia virar mais contra o Adam. E claro que sabendo o que se estava a passar ali ainda o iam odiar mais. Afastei-me dele mas só depois do beijo terminar - Eu quero beijar-te mas- - parei para tentar procurar as palavras corretas, como se dizia aquilo na língua dele porque agora parecia que tinha perdido qualquer controlo da minha cabeça - não quero que sofras consequências por isso.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Qui Mar 12, 2015 10:45 pm

Fitei-a quando deixei de conseguir sentir os seus lábios nos meus. Juntei as sobrancelhas, não percebendo muito do que ela estava a dizer, não por estar a falar mal, mas porque não percebia o sentido - quais eram as consequências? - perguntei - não está ninguém a ver - murmurei acariciando a sua bochecha com as pontas dos dedos. Eu tinha mesmo pena de gostar dela, não devia, não devia ter gostado de ninguém.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Qui Mar 12, 2015 11:00 pm

Voltei a mordiscar o meu lábio inferior ao sentir as pontas dos dedos do Adam a passar pela minha bochecha. Agora que tinha finalmente beijado-o, em vez de perder o interesse parecia que estava ainda mais interessada. Forcei-me a abrir os olhos para falar logo de seguida - Eu sou filha dos líderes, não posso estar com qualquer um e eles muito menos vão gostar que eu esteja contigo. - suspirei e cheguei-me para perto do Adam mas apenas para me encostar ao peito dele e pousar a cabeça no seu ombro - Eu contei-te o que aconteceu da última vez.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Qui Mar 12, 2015 11:53 pm

Deixei a cabeça cair por uns segundos, com um suspiro. Disso eu sabia mas, mesmo assim, ninguém estava ali, por isso podíamos aproveitar enquanto estávamos escondidos. Abri os olhos, não estando à espera que ela se encostasse daquela forma a mim, mas não me afastei, pelo contrário, abracei-a. - Sim, mas eu não sou ele - falei baixinho - eu posso parecer fraco, mas não sou. - murmurei encostando a minha bochecha à sua testa.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Sex Mar 13, 2015 4:17 pm

Senti-me mais encostada ao peito do Adam assim que ele colocou os braços ao meu redor e deixei-me estar na mesma posição. Era estranha porque nunca tinha estado assim com ninguém, mas era muito boa e confortável. Mais uma das coisas para juntar à lista das que ia ter saudades de fazer com o Adam - Mas não quero que te aconteça nada. - respondi levantando o olhar para ele - Eu posso proteger-te mas também posso fazer-te muito mal.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Seg Mar 16, 2015 10:18 pm

Passei os lábios na sua testa quando levantou a cabeça e sorri ligeiramente. Ela estava tão bonita sem aquela maquilhagem toda que a deixava aparentemente mais perigosa. - Não te preocupes - pedi - eu sei proteger-me de ti - sorri algo irónico. - Deixa-me só estar assim durante mais um bocado - fechei os olhos e apertei-a contra mim. Se eu fosse, eu tinha que voltar cá, de alguma forma, eu tinha que arranjar uma maneira de a voltar a ver.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Ter Mar 17, 2015 3:55 pm

Juntei as sobrancelhas mas acabei por assentir com a cabeça. Não ia deixar de ficar preocupada, tinha-me agarrado demasiado ao Adam e apesar de me custar saber que ele se ia embora, que me ia deixar, pelo menos sabia que ele ia para o sítio de onde era, que ia voltar para a sua família. Preferia isso a saber que me ia afastar dele porque ele acabava morto por causa de mim - Eu não me mexo. - disse ligeiramente mais baixo enquanto me mantinha contra o peito do Adam, sentindo os braços dele à minha volta e fazendo-lhe o mesmo.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Qua Mar 25, 2015 8:25 pm

*flashback*
Acordei com umas mãos a puxarem-me os braços. Doía, mas nada doía mais que a minha cabeça que, de vez enquanto, encontrava pedras e raízes. Os solavancos magoavam, também. Gemi com uma dor mais aguda e abri mais os olhos, tentando ver quem me estava a magoar. - Para - pedi quase sem voz - quem... - senti que podia desmaiar de novo, mas não desisti.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Qui Mar 26, 2015 2:28 pm

Parei de andar quando o ouvi falar. Não percebi absolutamente nada do que ele disse, o que me fez juntar as sobrancelhas enquanto tentava descodificar aquilo mas não fazia mesmo a mínima ideia - Já estamos a chegar. - disse apenas, apesar de ter a certeza que ele também não me entenderia a mim e olhei por cima do meu ombro, vendo que a casa que eu tinha construído já bastante perto de onde nos encontrávamos. Voltei a agarrar nos braços dele e continuei a puxa-lo.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Sex Mar 27, 2015 4:14 pm

Gemi com mais outra pancada mas, após alguns segundos, já só sentia algo duro, como madeira debaixo de mim. Estava dentro de uma casa, era isso que parecia. O meu corpo e a cabeça ainda doíam e, sentia que podia voltar a desmaiar, os meus músculos todos estavam doridos e não conseguia mexe-los. Observei uma rapariga que, tinha falado comigo numa língua estranha, e juntei as sobrancelhas. Ela era bonita, mas tinha demasiada maquilhagem estranha na cara. - Quem és tu? - tentei falar, ainda que a voz estivesse demasiado arrastada.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Sex Mar 27, 2015 4:52 pm

Pousei-o em cima das mantas e de seguida afastei-me para ir procurar algo que o pudesse ajudar mas o que é que eu sabia? Nunca tinha visto outra pessoa que não fosse da minha tribo e nunca tenho de nós tinha ficado preso na água. Estava habituada a tratar de feridas graves, não de coisas que eu não podia ver. Acabei por voltar a aproximar-me dele e sentei-me no chão, sempre pronta para atacar caso fosse necessário mas tinha a sensação que isso não ia acontecer. Juntei as sobrancelhas quando ele voltou a falar e abanei a cabeça, sem conseguir perceber e comecei a prestar atenção a todos os pormenores dele, tudo o que o fazia notar-se a léguas que não pertencia ali.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Sex Mar 27, 2015 5:03 pm

Forcei os meus olhos a abrir quando eles continuaram a fechar-se sem a minha permissão. Queria ver onde estava, tentar reconhecer algo. Observei as estrelas no tecto e perguntei-me o porquê de simplesmente não ter morrido. Estiquei uma mão tremula, tentando chegar com a mão às estrelas mas, elas estavam mais longe do que parecia aos meus olhos. Levei a livre ao meu estômago quando me doeu pela falta de água e observei a rapariga que me observava, tentando pensar numa maneira para lhe pedir ajuda.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Sex Mar 27, 2015 5:09 pm

Limitei-me a ficar ali sentada a olhar para ele e juntei novamente as sobrancelhas quando ele esticou a mão para o tecto - Ah. - levantei-me quase de imediato quando o vi levar a mão à barriga e voltei a aproximar-me do pequeno armário que ali tinha e para onde levava sempre pão e água caso quisesse estar afastada da tribo por mais algum tempo e me decidisse a ficar ali. Voltei para junto dele e estendi-lhe as duas coisas - Toma.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Sex Mar 27, 2015 5:29 pm

Segui-a com o meu olhar, observando uma espécie de concha de barro com água e levantei, quase de imediato, sentindo uma fraqueza que só não me fez ir a baixo porque consegui beber água assim que ela aproximou o pedaço artesanal de mim. Agarrei-o também com uma mão bebendo um bocado do mesmo e, só não bebi mais, por causa da dor que se instalou no meu estômago, provavelmente, por não beber nem comer há demasiado tempo. Olhei a rapariga, mais uma vez e assenti - obrigado. - agradeci, sem saber se ela me ia perceber minimamente.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Sex Mar 27, 2015 5:53 pm

Ajudei-o a beber, com uma mão no recipiente onde se encontrava a água e outra nas costas dele para que estivesse ligeiramente inclinado - Obrigada. - repeti lentamente o que ele tinha acabado de dizer, tomando aquilo como algum agradecimento pelo que eu tinha acabado de fazer. A língua dele era estranha de pronunciar mas quando era ele que a falava, era bonita. Apontei para mim com a mão que agora tinha livre - Freya. - disse esperando que ele conseguisse entender o meu nome.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Sex Mar 27, 2015 6:24 pm

Levantei as sobrancelhas quando a ouvi repetir o que tinha dito, ainda que fosse de uma maneira estranha. Assenti. Precisava de saber onde estava, se tinha ido parar a um continente que me pudesse dar acesso a um telefone, telemóvel, a alguma coisa. Olhei para o pão, considerando se haveria de comer aquilo, mas limitei-me a beber um pouco mais da água, observando a rapariga a apontar para si. Levantei uma sobrancelha, tentando perceber o que estava a acontecer e só me lembrei que pudesse estar a apresentar-se quando me lembrei de um filme em que eles não falavam a mesma língua - Adam. - apontei para mim também, apesar da minha voz estar demasiado fraca.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Sex Mar 27, 2015 8:46 pm

Isto era demasiado estranho, estar frente-a-frente com alguém que não percebia o que eu dizia e que eu não percebia o que dizia. E mais estranho ainda era o que eu estava a sentir. Qualquer outra pessoa da tribo não se tinha dado ao trabalho de o tirar da água mas se o tivesse feito não tinha sido para o levar para um sítio seguro e o alimentar mas sim para perceber o que é que ele estava ali a fazer e se haviam mais como ele. Mas eu não sentia aquela necessidade de estar preparada para atacar, sentia sim a necessidade de o ajudar - Adam. - repeti o nome. Era estranho e diferente mas bonito. Agarrei no bocado de pão e voltei a colocá-lo em frente a ele - Come.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Adam King em Sab Mar 28, 2015 12:19 pm

Se Freya era o nome dela, não me era completamente estranho, havia nomes parecidos pelo mundo. Isso era bom. Acho. O meu corpo estava demasiado frágil, por causa da fraqueza, e sentar-me foi quase impossível, pelo que permaneci meio sentado, meio deitado encostado à parede daquilo que parecia ser uma casa. Observei o pão que ela me estendia e juntei as sobrancelhas, assentindo - obrigado - murmurei, partindo-o ao meio e comendo um bocado.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -

avatar
Adam King

Mensagens : 169
Data de inscrição : 01/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Freya Ravenscar em Sab Mar 28, 2015 9:36 pm

Limitei-me a ficar ali sentada, ao lado dele e a olhar para ele. Não havia muito mais que pudesse fazer por vários motivos: não conseguíamos comunicar por causa da nossa diferença de línguas e também porque não o poderia levar para a tribo. Precisava de tempo para que as coisas se resolvessem antes de o poder levar para lá. Sorri ligeiramente quando ele agarrou no pão e fiquei simplesmente a olhar para ele.

- - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - - - - - - - ◊ - - - - -


avatar
Freya Ravenscar
Admin

Mensagens : 168
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa da árvore

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum